homeopatia

A Homeopatia incorpora conceitos muito avançados para o restabelecimento da saúde, utilizando da subjetividade, da possibilidade de cura através da reação orgânica, e da influência vibracional de potências medicamentosas que podem agir em profundidade sobre o organismo humano.

Na subjetividade encontramos o próprio ser (na maneira como sente, imagina, reage na vida a razão das enfermidades) e a chave para a cura.

O medicamento homeopático produz um estímulo semelhante ao sofrimento do paciente, provocando uma reação contrária que leva ao reequilíbrio do organismo, restabelecendo a saúde física e mental, essa é a aplicação prática da lei dos semelhantes, um dos princípios fundamentais da Homeopatia.

Estamos acostumados a ver a ação química dos medicamentos. Na Homeopatia, pelo processo de dinamização, os medicamentos vão ficando cada vez mais diluídos e “energizados”, até chegarmos numa condição na qual não existe mais matéria que corresponde a dinamização CH12. Os modernos estudos com ultra diluições mostram que existe atividade dessas diluições, e que são específicas para cada tipo de substância original.

Os deflatores da Homeopatia, numa atitude negacionista e anticientífica, dizem não haver efeito algum. E quando o efeito é evidente, ou negam, ou dizem ser efeito placebo (fé do paciente no poder de cura do medicamento).  A realidade é que as curas homeopáticas são um fato repetido há mais de 200 anos e a explicação de ser apenas pelo efeito placebo já foi descartada por inúmeros trabalhos científicos. Além disso, ela não explica a ação da Homeopatia na Veterinária, nas crianças pequenas, nos estados de coma, na agricultura, etc. Na verdade, abriu-se um campo enorme de pesquisa científica e de ampliação do entendimento do ser humano em sua totalidade, com aplicações que sobrepassam em muito o campo da medicina, se estendendo para outras áreas do conhecimento humano.

A Homeopatia pode ser utilizada de forma alternativa ou complementar ao tratamento convencional, e se fosse utilizada de forma mais universal, traria um grande benefício para a saúde global da população, como também seria de valia para a agricultura, evitando o uso dos agrotóxicos, e também na veterinária.

Para você, que ainda não conhece ou experimentou a Homeopatia, permita-se experimentá-la procurando um médico homeopata e se presenteando (ou um familiar/amigo) nesse natal com um tratamento eficaz, suave e de resultados duradouros.

Gostou? Compartilhe!

Hamilton Camargo Rodrigues

Graduação em Medicina pela Unifesp – Escola Paulista de Medicina
Especialização em Homeopatia (AMHB), Cirurgia Geral e Proctologia ( SBCP)
Organizou e Coordenou o Serviço de Colo-Proctologia da Universidade Federal de Uberlândia
Docente e coordenador de cursos de pós-graduação de Homeopatia na Associação Paulista de Homeopatia, na Sociedade Médica de Uberlândia e no Centro de Especialização em Homeopatia de Londrina (CEHL)
Atualmente, docente do CEHL, consultório de Homeopatia e Proctologia e Ambulatório do SUS de Proctologia.

  • Hamilton Camargo Rodrigues

  • R. Alexandre de Oliveira Marquez, 250 – Vigilato Pereira

  • AGENDE SUA CONSULTA