Contribuições da Homeopatia para a medicina moderna

É possível tratar e reforçar a saúde do homem?

A Homeopatia fornece instrumentos para isso?

A Homeopatia Clássica teve início com o tratamento de doenças agudas, o que era realizado com grande êxito, sendo esse tratamento baseado no princípio da semelhança. Após muitos anos de seguimento dos pacientes, Samuel Hahnemann observou que, embora o tratamento tivesse sucesso, o que demonstrava a veracidade dos princípios homeopáticos, as doenças voltavam, muitas vezes com gravidade aumentada. Após muita reflexão e experimentação, chegou à conclusão que seria necessário tratar o doente e não apenas a doença presente, pois quando o paciente melhorava do quadro agudo, permaneciam sintomas crônicos que revelavam outro tipo de desequilíbrio. A busca de um medicamento capaz de curar a distonia energética crônica passou a ser o objetivo primordial dos homeopatas e a isso se deu o nome de “tratamento de fundo ou constitucional”.

Esse tratamento reforça o sistema imunológico, traz equilíbrio psicossomático e tem a capacidade de curar muitas enfermidades crônicas, tais como diabetes, hipertensão, etc. Dentro da biomedicina vigente, essas doenças só teriam controle e não cura. A Homeopatia é, na verdade, um modo diferente de encarar saúde e doença dentro de uma concepção vitalista, ao compreender a totalidade do ser no seu relacionamento consigo mesmo, com os outros e com o meio, considerando-o como um ser bio-psíquico-social e espiritual. São inúmeras as contribuições da homeopatia para a medicina moderna.

A pandemia tem revelado as potencialidades da chamada “medicina científica” com suas contradições e dificuldades. Ao tratar um ser complexo com uma visão limitada à farmacologia, acerta-se na maioria dos casos, mas ocorre pouca consideração em relação às individualidades que necessitam de uma assistência mais singular e particularizada, sem a qual não é possível ter o mesmo benefício. A homeopatia pode ser uma opção complementar ou alternativa nesses casos, como também em outros.

A homeopatia tem mostrado, em mais de 200 anos de atuação, a possibilidade de contribuir de forma mais efetiva na saúde individual e coletiva. Precisamos de mais investimentos, pesquisas sérias e formação adequada de profissionais homeopáticos, tanto em quantidade quanto em qualidade, para que uma “revolução vitalista” possa trazer mais luz na saúde física e mental da população.

Individualmente aconselhamos um bom tratamento constitucional homeopático, para reconquistar e preservar a saúde de uma maneira racional, suave e viável economicamente.

As conclusões de Hahnemann foram largamente validadas por gerações de homeopatas que o seguiram e aperfeiçoaram seu método. Cabe à geração atual mostrar a confirmação da veracidade, tanto da vivência homeopática clínica empírica, como dos princípios da Homeopatia, através de experimentos científicos, clínicos e laboratoriais. Vários trabalhos e teses têm sido publicados neste sentido, mas faz-se necessário prosseguir e ampliar estas pesquisas para que a humanidade possa usufruir plenamente as potencialidades da Homeopatia. Trata-se de um tesouro, que precisa ser explorado e mais utilizado.

O tratamento homeopático adequado fortalece a imunidade individual de modo abrangente, fortalecendo a resistência natural de uma maneira geral e não específica, como fazem as vacinas; melhora as condições psíquicas e possibilita a cura de enfermidades crônicas. Por que não o utilizar com mais frequência e em ampla escala?

Gostou de entender sobre as contribuições da homeopatia para a medicina? Não deixe de conferir os próximos artigos!

Gostou? Compartilhe!

Hamilton Camargo Rodrigues

Graduação em Medicina pela Unifesp – Escola Paulista de Medicina
Especialização em Homeopatia (AMHB), Cirurgia Geral e Proctologia ( SBCP)
Organizou e Coordenou o Serviço de Colo-Proctologia da Universidade Federal de Uberlândia
Docente e coordenador de cursos de pós-graduação de Homeopatia na Associação Paulista de Homeopatia, na Sociedade Médica de Uberlândia e no Centro de Especialização em Homeopatia de Londrina (CEHL)
Atualmente, docente do CEHL, consultório de Homeopatia e Proctologia e Ambulatório do SUS de Proctologia.

  • Hamilton Camargo Rodrigues

  • R. Alexandre de Oliveira Marquez, 250 – Vigilato Pereira

  • AGENDE SUA CONSULTA